fbpx
Menu

COVID-19: Prorrogado prazo de entrega do IR

O Ministério da Economia anunciou na noite de ontem o adiamento do prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) por 60 dias. Com a prorrogação, o prazo passa a ser até 30 de junho.

Seguindo a regra dos anos anteriores, as pessoas que entregam a declaração primeiro têm maiores chances de receber a restituição, quando aplicável.

Na semana passada, a Receita Federal também adiou até 30 de junho a entrega do Imposto de Renda de MEIs (microempreendedores individuais) e empresas no regime de Simples Nacional. 

Foram também anunciadas outras medidas tributárias como: (i) diferimento das contribuições ao PIS, Pasep e a Cofins, incidentes sobre receitas, bem como da contribuição previdenciária patronal (INSS), que incide sobre a folha de pagamentos. As contribuições que seriam devidas em abril e maio poderão ser pagas em agosto e outubro, respectivamente.

A alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), que incide sobre operações de crédito, será zerada por 90 dias. 

Tributário

Conteúdo relacionado

Quer receber nossas comunicações?
Newsletter
Áreas de interesse: